MAURO CUNHA, EX-PRESIDENTE DA FES-MG, DEIXA O ELO SOCIAL, ACDB E O INER EM BUSCA DE NOVOS DESAFIOS


O incansável ex-presidente do Elo Social Minas Gerais, Mauro Cunha, que fez um impecável trabalho, como todos sabem, na formação de todas as diretorias da Federação do Elo Social MG, quer seccionais quer regionais, acabou por se desligar por conta própria de todos os projetos que envolvem o sistema “Lixo Zero Social 10”, constituído pelo Elo Social, ACDB – Assessores Coligados do Brasil – e pelo SINDETAP – Sindicato Nacional dos Decoradores e Tapeceiros.






Foi empossado definitivamente no maior de todos os eventos realizados pelo Elo Social em todos os estados da federação já que Mauro Cunha, à frente de sua equipe, conquistou um publico superior a 1.200 (mil e duzentos) participantes.

O evento foi realizado na Cidade dos Meninos, que também com a coordenação de Mauro Cunha e sua equipe, foi revestido de excelente organização, contando com várias excursões vindas de todas as regiões de Minas Gerais, além de café da manhã e almoço. Mais uma vez, em nome da CESB – Confederação do Elo Social do Brasil –, reiteramos os nossos agradecimentos a Mauro cunha e sua equipe pela brilhante realização.



Ocorre, porém, que após a realização do evento e a distribuição das atas para coleta de assinatura dos empossados por parte das diretorias seccionais e regionais, o tempo de dedicação do então presidente Mauro Cunha acabou, não lhe permitindo dar continuidade no excelente trabalho que tinha feito até então, o que começou a prejudicar todos os diretores do estado.


Inúmeras conversas e pedidos foram feitos por nossa diretoria federal, mas todos foram igualmente infrutíferos, já que era visível a falta de tempo por parte de Mauro Cunha em se dedicar ao projeto.


Com ele no cargo de presidente, a diretoria estadual inteira se estagnou, pois achavam que tomar decisões sem o aval dele poderia caracterizar falta de ética, e desta forma ficou mesmo prejudicado o estado de Minas Gerais.


Sem outra opção e usando das atribuições que lhe são outorgadas pelo nosso Estatuto, Regimento Interno e também pelo nosso Código de Ética, a Diretora Nacional do Elo Social resolveu de forma monocrática transferi-lo da diretoria Estadual para uma diretoria regional, onde certamente sua falta de tempo não prejudicaria o projeto, e em ato continuo promoveu a presidente da Federação do Elo Social MG, a Senhora Maristela Duarte Rech, que mais vinha se destacando dentre os diretores estaduais na busca por colocar Minas Gerais no mesmo ritmo dos demais estados do Brasil.


Em um curto espaço de tempo, Maristela, à frente da diretora Estadual, de forma incansável conseguiu vários avanços, porém estamos falando de praticamente mais de 8 (oito) meses de inatividade, pois não tínhamos atas assinadas, listas de presença desaparecidas, pessoas sem certificados, mesmo tendo os certificados sido entregues em data solene. Minas Gerais ainda tem vários diretores que não receberam seus certificados e sequer sabem o número de sua OMS.


Além destes problemas, passamos a ter vários problemas com relação a duplicidade de diretores em mesma regional e vagas faltando em outras regionais, e por este motivo, em nome da CESB – Confederação do Elo Social Brasil –, queremos desejar boa sorte ao nosso ex-presidente Mauro Cunha que acabou por abrir mão também do cargo regional que lhe indicamos para o seu novo desafio, que esperamos seja muito, mas muito bem-sucedido. Também pedimos a todos os diretores de Minas Gerais um pouquinho mais de paciência com a nossa nova Presidente Maristela Duarte Rech, que embora trabalhando de forma estafante, precisa de um tempinho a mais para colocar Minas Gerais no mesmo nível dos demais estados do Brasil.

266 visualizações

Diretoria de Implantação de Projeto:

Rua Cecília Bonilha nº 145, São Paulo - Capital - (Sede Própria) Telefone: +55 (11) 3991-9919 Todos os Direitos Reservados​ © 2018

"Movimento Passando o Brasil a Limpo"