top of page

Elo Social Minas Gerais – Criação Oficial da CEI=MG – Comissão Estadual de Implantação do projeto


A CESB – Confederação do Elo Social Brasil, com base na Portaria nº 002/2024, que criou as CEI's – Comissões Estaduais de Implantação de Projetos, nesta data da poderes as Dir. Federais para criarem em cada Estado da Federação brasileira uma diretoria estadual de implantação do projeto Social do Cidadão e uma dos Cursos Vivenciais.


As Comissões serão compostas por 7 (sete) Agentes do Mérito do Elo Social que representarão a Federação do Elo Social Minas Gerais, perante todas as autoridades e dos 2 (dois), que estarão da mesma forma representando a Diretoria Federal de Cursos Vivenciais.


RELAÇÃO DE MUNICIPIOS QUE RECEBERÃO AS SEDES:


Belo Horizonte: Uma sede estadual.

Belo Horizonte: Quatro sedes regionais.

Região de - Barbacena: Uma sede regional.

Região de - Nazareno: Uma sede regional.

Região de - Betim: Uma sede regional.

Região de - Contagem: Duas sedes regionais.

Região de - Ribeirão da Neves: Uma sede regional.

Região de - Santa Luzia: Uma sede regional.

Região de - Ibirité: Uma sede regional.

Região de - Conceição do Mato Dentro: Uma sede regional.

Região de - Ouro Preto: Uma sede regional

Região de - Conselheiro Lafaiete: Uma sede regional

Região de - João Monlevade: Uma sede regional.

Região de - Itamarandiba: Duas sedes regionais.

Região de - Jequitinhonha: Uma sede regional.

Região de - Filixlandia: Uma sede regional.

Região de - Paracatú: Uma sede regional.

Região de - Rio Casca: Uma sede regional.

Região de - Manhuaçu: Uma sede regional.

Região de - Muriaé: Uma sede regional.

Região de - Viçosa: Duas sedes regionais.

Região de - Ubá: Uma sede regional.

Região de - Juiz de Fora: Uma sede regional.

Região de - Santos Dumont: Uma sede regional.

Região de - Leopoldina: Uma sede regional.

Região de - Santa maria do Suaçuí: Uma sede regional.

Região de - Ipatinga: Uma sede regional.

Região de - Governador Valadares: Uma sede regional.

Região de - Ipanema: Uma sede regional.

Região de - Passos: Uma sede regional.

Região de - São Pedro da União: Uma sede regional

Região de - Alfenas: Uma sede regional

Região de - Varginha: Uma sede regional.

Região de - Caldas: Uma sede regional

Região de - Cambuí: Uma sede regional.

Região de - Santa Rita do Sapucaí: Uma sede regional.

Região de - Baependi: Uma sede regional.

Região de - Pains: Uma sede regional.

Região de - Oliveira: Uma sede regional.

Região de - São Sebastião do Oeste: Uma sede regional.

Região de - Nova Serrana: Uma sede regional.

Região de - Pai Pedro: Uma sede regional.

Região de - Montes Claros: Uma sede regional.

Região de - Várzea da Palma: Uma sede regional

Região de - Januária: Uma sede regional

Região de - Salinas: Uma sede regional.

Região de - Gurinhatã: Uma sede regional

Região de - Uberlândia: Duas sedes regionais.

Região de - Araguari: Uma sede regional

Região de - Araxá: Uma sede regional

Região de - Carmo do Paraníba: Uma sede regional.

Região de - Monte Carmelo: Uma sede regional

Região de - Uberaba: Uma sede regional

Região de - Teófilo Otôni: Uma sede regional.


RELAÇÃO DE VAGAS DE EMPREGO A SEREM GERADAS

Sede Estadual da Federação do Elo Social Minas Gerais, conjugada com sede regional: 152 (cento e cinquenta e dois) funcionários.

Cinco sedes Seccionais: 36 (trinta e seis) funcionários em cada uma, total de 180 (cento e oitenta)

Sedes Regionais: 18 (dezoito) funcionários em cada uma das 70 (setenta) sedes, total de 1260 (um mil duzentos e sessenta) funcionários.

Três sedes do CSRP – Centro de Socialização, Ressocialização e Profissionalização – Elo Social, cada uma com um: Total de 516 (quinhentos e dezesseis) empregos.

Total de vagas atraves de CLT ou PJ, disponibilizadas no Estado: 3.140 (três mil cento e quarenta)

Além das vagas disponibilizadas acima ainda temos as vagas flutuantes de Instrutores de Cursos Vivenciais, que deverão ser ministrados em todo estado, com pagamentos de um salário-mínimo por 4 (quatro) aulas de 4 horas a serem ministradas um dia por semana. Observação: O projeto além de beneficiar todos os Agentes do Mérito do Elo Social que após capacitados, poderão ministrar referidos cursos, e assim agregarem valores aos seus orçamentos.


DO PROGRAMA APA – AGREGANDO PARA AGREGAR

​Embora a constituição brasileira dê aos homens o direito de exigir do governo, na esfera federal, estadual e municipal, uma política social justa, isso não os exime de darem a sua parcela de colaboração naquilo que tem como referência a ordem pública e o bem comum, consolidando, assim, um verdadeiro regime democrático.

O enfrentamento organizado dos problemas que afligem diretamente o cidadão constitui forma eficiente de dar apoio à máquina pública, e pensando desta forma, resolve a CESB desenvolver o programa denominado “Agregando para Agregar”, afinal, se nós investirmos na ampliação do conhecimento de nossos professores, automaticamente estaremos agregando valores aos seus alunos.

O programa consiste na ministração de 128h (cento e vinte e oito horas) de aula nas matérias a seguir relacionadas:

SEDE SECCIONAL



SEDE ESTADUAL




21 visualizações0 comentário
bottom of page